Google vai juntar Meet e Duo em um app só "para o seu bem" – Tecnoblog

Após cerca de cinco anos dos lançamentos do Google Duo e Meet, a empresa anunciou, nesta quarta-feira (1), que vai combinar os apps em uma plataforma só. Dessa forma, os usuários poderão usar as mesmas funções já conhecidas sem precisar alternar entre os programas. O objetivo é facilitar o uso diário, sem exigir que a pessoa precise administrar tanta coisa.

    Google Meet (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

    Confirmada pelo porta-voz do Google Workspace, Javier Soltero, para o The Verge, a novidade está sendo desenvolvida neste momento. Com isso, em um futuro próximo, o usuário terá acesso aos recursos do Google Meet diretamente pelo Duo.

    Em outras palavras, o aplicativo do Duo será o que vai “sobreviver”.

    Ele terá uma atualização que trará os recursos do Meet para a plataforma e, eventualmente, terá sua nomenclatura mudada para… “Google Meet”.

    Além disso, o app atual do Meet vai ser renomeado para “Meet Original” e, consequentemente, será descontinuado.

    Sim, também fiquei confuso.

    Toda essa movimentação foi explicada por Dave Citron, diretor de produtos para vídeos do Google, também para o The Verge:

    O aplicativo móvel Duo tinha muita sofisticação, especialmente em mercados emergentes, onde a conectividade de rede era escassa ou altamente variável. Na web, é diferente; Meet é a plataforma web muito mais desenvolvida, de modo que forma a base do novo sistema combinado. Mas em ambos os casos, a ideia é 100% da funcionalidade. Forças combinadas e nenhum usuário deixado para trás”.

    Google quer evitar sobrecarga de aplicativos

    Segundo a empresa, essa integração pode ajudar a solucionar uma questão frequente na vida dos usuários: a sobrecarga de ter muitos aplicativos. Ou seja, ter diversas opções para coisas similares em seus dispositivos móveis.

    Nas palavras de Soltero, ainda para o The Verge:

    O que tem sido realmente importante é entender como as pessoas fazem a escolha de qual ferramenta usarão, com que finalidade, em qual circunstância. É realmente importante e poderoso poder chegar dessa maneira e permitir que cada um decida se deseja ser alcançado ou não, em vez de ter que gerenciar todas essas identidades diferentes e lidar com as consequências.

    Vale lembrar, no entanto, que a empresa já tem um histórico de criar diversos aplicativos e enterrá-los pouco tempo depois. Do ponto de vista comercial, enquanto os usuários perdem tempo com dúvidas sobre qual aplicativo do Google usar, um concorrente pode simplesmente vir com apenas uma opção e deixar todos eles para trás.

    Então, apesar de todo o discurso relacionado à sobrecarga, é interessante acompanhar os próximos passos do Google para se sobressair em meio aos rivais no segmento de videochamadas e comunicação remota.

    Fonte: tecnoblog.net/noticias/2022/06/01/google-vai-juntar-meet-e-duo-em-um-app-so-para-o-seu-bem