Vivo migrará clientes de TV via satélite para tecnologias com IPTV – Tecnoblog

Nessa semana, a Vivo anunciou que clientes com TV via satélite seriam desligados até dezembro de 2022. A princípio a operadora não ofereceu nenhuma alternativa, e quem quisesse continuar com TV paga deveria migrar para uma concorrente. No entanto, a tele agora informa que quem ainda utiliza a tecnologia DTH será migrado para o IPTV por fibra óptica ou serviço OTT (streaming).

    Vivo irá encerrar operação de TV via antena parabólica (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

    Atualmente, a operação DTH da Vivo é bem discreta: segundo os dados da Anatel, a operadora tinha 168,4 mil contratos de satélite em março. Isso representa apenas 15,8% dos seus clientes de TV paga, visto que a maioria já se encontra no IPTV por fibra óptica.

    A maioria dos clientes DTH da Vivo se encontram em São Paulo. Nos demais estados, o serviço era comercializado apenas nas áreas que a GVT atuava com serviços fixos pela rede de cobre — ao contrário de outras operadoras de satélite como Claro, Oi e Sky, que vendiam para todo o território nacional.

    A Vivo encerrou a comercialização de novas assinaturas de TV por assinatura DTH há alguns anos, mas o serviço foi mantido para clientes existentes. No entanto, o contrato com a Media Networks, empresa que controla a operação de satélite, se encerra no final de 2022.

    Clientes Vivo DTH migrados para IPTV ou TV via app

    Até ontem, o comunicado público da Vivo sobre o encerramento do DTH apenas falava que os usuários dessa tecnologia teriam os serviços descontinuados. A operadora só oferecia alternativa para cliente Vivo Móvel pós-pago ou controle, e encaminhava para assinatura do Vivo Play App.

    Novo comunicado da Vivo indica migração de clientes que usam TV DTH (Imagem: Reprodução)

    No entanto, o comunicado foi atualizado nesta quinta-feira (2). O discurso da operadora mudou: em vez de desligamento, passou a tratar como “atualização de tecnologia”, e que os clientes de satélite “terão a oportunidade de migrar para novas tecnologias de TV, tais como IPTV e OTT”.

    A Vivo ainda não revelou detalhes da migração. O comunicado revela que a operadora irá promover um plano de migração de tecnologia ao longo do segundo semestre de 2022, conforme a disponibilidade de tecnologia na região.

    Vivo Play App será alternativa para clientes DTH?

    Atualmente, a Vivo só comercializa TV por assinatura via IPTV nas áreas atendidas com fibra óptica. O novo comunicado menciona a tecnologia OTT — sigla para over-the-top, como um aplicativo de streaming, mas que não deixa de ser TV por internet (ou seja, IPTV).

    Outra alternativa pode ser o streaming, especialmente nas áreas onde a fibra ainda não chega. Em abril, a operadora lançou o Vivo Play App sem a necessidade de ter uma assinatura de TV paga. Através de aplicativos para smartphone, TV Box e smart TV, é possível assistir 70 canais via internet.

    No entanto, a adesão ao Vivo Play App é atualmente limitada para clientes de celular com plano pós-pago ou controle. Isso exclui usuários da Vivo DTH que utilizam móvel de outra operadora, por exemplo.

    O problema é que o Vivo Play App não é a solução mais elegante para substituir uma TV por assinatura convencional. Ao contrário do Claro TV+ Box, o serviço exige a utilização do app para smart TV ou de uma TV Box própria.

    Vivo matou DTH aos poucos com migração para fibra

    O DTH da Vivo já foi muito mais popular: em janeiro de 2016, a operadora tinha 1,5 milhão de clientes via satélite, enquanto o IPTV mal alcançava 200 mil acessos. No entanto, as assinaturas do serviço cresceram a medida que a operadora expandiu a rede de fibra óptica.

    Vivo Fibra TV – Vivo Play – controle remoto (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

    Acontece que a Vivo ainda não conseguiu fazer toda a sobreposição da rede de cobre, por isso ainda existem clientes com DTH. Eu mesmo sou cliente da operadora, e só tenho a TV via satélite porque a Vivo Fibra não chegou na minha região em Belo Horizonte — tenho a sensação de que fui esquecido, visto que quase todos bairros vizinhos já possuem o serviço.

    Fonte: tecnoblog.net/noticias/2022/06/02/vivo-migrara-clientes-de-tv-via-satelite-para-tecnologias-com-iptv