Corrida do Milhão – Tudo sobre o Grupo D  – Free Fire Esports

Toda competição que se preze tem um Grupo da Morte – e o Grupo D parece ser exatamente o mais complicado da Corrida do Milhão. Os dois últimos representantes brasileiros no mundial da modalidade estão entre as seis equipes que entram nos servidores na noite desta quarta-feira e prometem fazer jogo duro em busca do prêmio.

LOUD

– Cauan – Kroonos – Noda – Lost – Frank –

Depois de bater na trave algumas vezes, a LOUD finalmente conseguiu levantar seu primeiro troféu da LBFF. Lost e Cauan foram os destaques de uma campanha surpreendente e se tornaram os grandes responsáveis pela classificação para o mundial de Free Fire.

Em Sentosa eles não tiveram vida fácil e terminaram apenas com a sétima colocação, deixando os torcedores com gostinho de quero mais. Mesmo com um resultado não tão bom quanto o sonhado, a organização mantém seu time titular e traz Frank7, que ocupará o lugar que outrora foi de Will e Brabox.

Netshoes Miners 

– Natividade – Zenac – Biel – Mandela – Coruja –

Durante a Fase Classificatória da LBFF 7, a Miners manteve a consistência e ocupou a lanterna durante praticamente toda a temporada. No Grupo de Acesso, disputou bala a bala para fugir do rebaixamento e, com uma demonstração clara de experiência e maturidade, conseguiu se manter na elite nacional.

Após o desempenho contestável, os Mineiros fizeram uma verdadeira revolução no elenco e mantiveram apenas Natividade, principal jogador da equipe desde que estreou com a camisa roxa. RiccK, Broilo, Field, OTremBB e Peuzada dão adeus, enquanto Zenac, Biel, Mandela e Coruja chegam para levar o time do Grupo D ao topo.

paiN Gaming

– KaueLok – ROCKSx – Guifox7 – Gelo – Vrzin33 –

Uma das equipes mais Tradicionais do cenário nacional de esports e uma das que disputam a Liga Brasileira de Free Fire desde a sua primeira edição, a paiN Gaming acaba de voltar para a elite. E o acesso veio da melhor forma possível: com o título.

KaueLok foi o grande destaque do time na campanha de redenção, garantindo 125 abates e beliscando o topo do Ranking de MVP. Agora, é hora de mostrar o poder de uma das camisas mais pesadas do país.

Vivo Keyd 

– Modestia – DeadGod – General – Nando9 – Ghost7 –

Campeã da LBFF 5, vice-campeã da sexta e sétima temporadas – a Vivo Keyd é uma das equipes mais fortes do cenário nacional e também representou o país no FFWS 2022 Sentosa. Em terras internacionais, ficou com a quarta colocação e honrou o país com dois belos Booyahs.

O elenco titular da campanha campeã da quinta temporada ainda é o mesmo e chega ao Grupo D como uma força considerável na Corrida do Milhão. Após o mundial, os Guerreiros se despediram de Kbeção, até então o quinto homem do grupo, e abriu espaço para Ghost7; o técnico Stark também decidiu trilhar outro caminho.

Corinthians FF 

– VitinXP – Razure – MemGod – Band – Deley –

Único time brasileiro campeão mundial de Free Fire, o Corinthians é uma das quarto equipes que participaram de todas as edições da Liga Brasileira. Além disso, realizou a proeza de disputar todas as finais da competição.

No último split, terminou a Fase Classificatória na sexta posição e repetiu o feito na Grande Final. O elenco é praticamente o mesmo, chega apenas o novato Deley. Antigos reservas, Zenac e Gelo não estão mais entre o Bando de Loucos.

Divinéia

– Diniz – Arion7 – JM9 – Ruan – Luiz –

A equipe do Paraná foi a campeã da Taça das Favelas de 2020 e chega para ser a surpresa do Grupo D na Corrida do Milhão. Além disso, voltou para a Taça na edição do último ano e terminou na sexta posição.

Um detalhe curioso é que o MVP da Taça das Favelas de 2020, Gusta, veio da Divinéia e se tornou um dos jogadores dos Panteras na sexta temporada da LBFF. Agora, a equipe tem a chance de mostrar força e quem sabe ver seus atletas conseguirem um lugar entre os melhores do país.

C.O.P.A. FF

Com o tema Corrida do Milhão, a nova edição da C.O.P.A. FF teve início no dia 21 de junho e terá sua final no dia 2 de julho. O torneio terá transmissão na tv aberta, pela RedeTV! aos sábados e domingos, durante a fase classificatória, além dos canais oficiais no YouTube, na BOOYAH!, e no TikTok, durante os dias de semana.

Serão 24 equipes na disputa pelo prêmio de um milhão de reais. No torneio, os 18 times classificados para a série A da LBFF 8 serão chamados junto a outras quatro equipes convidadas, – Nhanha e Divinéia (vencedores do Taça da Favela FF), e Los baianos e Inco Gaming (campeão e vice da LBFF Série C). As equipes campeã e vice da Taça da Patroa fecham a lista de convidados.

Além da premiação, os jogadores também concorrem aos títulos de MVP. Um deles, disputado apenas entre os jogadores de times classificados para a Série A da LBFF 8 e o outro, entre os competidores dos times convidados.

Para mais informações de Free Fire, acompanhe as redes sociais oficiais de esports no Facebook, Instagram, Twitter e TikTok.

Fonte: www.ffesportsbr.com.br/2022/06/22/corrida-do-milhao-tudo-sobre-o-grupo-d