No último dia 2 de julho, o BD Vasco consquistou a Corrida do Milhão. Sempre entre os líderes, o Dragão da Colina acabou premiado pela consistência que apresentou ao longo de toda a competição, o que, segundo a cartilha do Free Fire, é a qualidade mais importante para se destacar em um cenário tão competitivo. Conversamos com Hender, um dos grandes destaques da história do BD Vasco, sobre o caminho desde a Série B da LBFF 6, as dificuldades e as perspectivas de um futuro que parece ser brilhante.

Se voltarmos um pouco no tempo, quando o Vasco ainda não tinha sequer fechado parceria com a lendária Black Dragons, é fácil lembrar que a equipe foi campeã de forma dominante na Série B da LBFF 6, feito que garantiu uma vaga entre os maiores times do país. Já na sétima temporada, ela reafirmou seu lugar entre as melhores e chegou na Grande Final querendo surpreender. Mas foi nela que a inexperiência transpareceu: o time terminou apenas na 12ª colocação.

“Não existiu um único fator que nos prejudicou na Grande Final da LBFF 7. Infelizmente, o nosso jogo não encaixou do jeito que gostaríamos e não conseguimos nos adaptar durante as quedas”, conta Hender. “É algo normal que vivemos durante toda a etapa e que estávamos sempre trabalhando para melhorar. Mas em uma final, os erros custam mais caro”, completa.

Mas o revés não abalou a confiança de um time que sonha alto. O resultado na decisão da sétima temporada não foi dos melhores, mas serviu como um catalisador, e a cabeça seguiu erguida para os desafios seguintes:“estar entre as 12 melhores equipes do país mostra que não viemos para brincar, e sim para disputar títulos”, diz Hender.

O tempo de descanso entre um campeonato e outro serviu para o BD Vasco contratar novas peças para seu elenco e colocar ordem na casa. O time chegou na C.O.P.A. FF ainda sem ter encontrado o entrosamento ideal, fator que ainda é crucial para a próxima temporada da LBFF: “Entre a final da LBFF 7 e o começo da COPA FF tivemos algumas alterações no time. Sem dúvidas, isso contribuiu para nossa evolução, mas ainda estamos no meio do processo. Não jogamos tudo que fizemos durante a última LBFF fora, nem estamos 100% preparados por termos vencido a C.O.P.A. Mas esse título só prova que temos potencial para estarmos entre os melhores“, revela Hender. “Mas o trabalho é constante: precisamos evoluir o tempo todo se quisermos continuar no topo”.

Hender é uma das peças-chave nas conquistas do Vasco desde a Série B. Sempre com uma quantidade muito acima da média em eliminações, ele se tornou o MVP da etapa que deu acesso à elite com certa tranquilidade. Isso gerou expectativas sobre seu desempenho na Série A, mas elas não parecem preocupar o jogador, que sempre ressalta o trabalho coletivo:“Não penso muito nessa questão de ser destaque. Acho que isso é mais consequência de um bom trabalho em equipe. Independente de quem esteja brilhando, o importante é que o time atinja os resultados que queremos“, afirma Hender. “Sobre a mudança de Série, é um pouco diferente sim. Além do estilo de jogo muitas vezes ser um pouco menos agressivo, todos os times têm jogadores de alto nível, então você não pode dar mole pra ninguém, pois pode cair pro último da tabela no começo da queda“, complementa.

Depois do expressivo título na Corrida do Milhão, o BD Vasco chega como um dos favoritos para as próximas etapas da LBFF. Agora, as disputas serão totalmente presenciais, o que deve elevar os ânimos não só da torcida, mas também dos jogadores. “Estamos representando dois gigantes, um dos esportes eletrônicos e outro dos esportes tradicionais, mas muitas outras torcidas ainda não nos enxerga como um dos mais relevantes do cenário. Mas o presencial traz mais hype, é muito melhor tanto de jogar quanto de assistir“, finaliza.

Para a torcida, ansiosa pelas temporada que começa no dia 6 de agosto, Hender e o BD Vasco deixam um recadinho:“Queremos agradecer por todo apoio que vocês têm nos dado, desde a Série B. Sabemos a importância de defender esses dois nomes tradicionais e vamos trazer mais títulos pra essa torcida!”

Agora os fãs podem acompanhar tudo pelo perfil no TikTok, além dos perfis no FacebookInstagram Twitter. Fique de olho para as novidades da oitava temporada da Liga Brasileira de Free Fire.

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Fonte: www.ffesportsbr.com.br/2022/07/16/hender-bd-vasco-esse-titulo-so-prova-que-temos-o-potencial-de-estarmos-entre-os-melhores